sábado, 17 de novembro de 2012

Resenha - A Maldição do Tigre (Colleen Houck)

Postado por Ingryd Lessa às 11/17/2012 12:07:00 PM
Gostaria de dedicar esta resenha para as duas amigas que me incentivaram a ler este livro: Fê Figueiredo (Livros Minha Terapia) e Math (As Envenenadas Pela Maçã)! 

Sinopse:
Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor?
Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.
Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.
O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.
Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.
A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times.

Resenha:
Você é um jovem que acabou de se formar na escola, está de férias até começar a faculdade e está prestes a fazer 18 anos. O que mais poderia fazer da vida neste período senão arrumar um emprego temporário? É assim que a protagonista mais maravilhosamente irônica e debochada de todos os tempos, Kelsey Hayes, começa a contar sua história. 

Na busca por um serviço para ocupar o período livre (e de quebra conseguir um dinheiro), Kells acaba indo parar no Circo Maurizio para trabalhar por duas semanas. Suas funções seriam ficar na bilheteria, limpar o local depois das apresentações e... cuidar do lindo tigre branco indiano Dhiren, a principal atração dos espetáculos.

E você acha que ela sentiu medo? Muito pelo contrário! Kelsey fica fascinada por Ren desde o momento em que encara seus profundos e melancólicos olhos azul cobalto. E logo ela passa não somente a alimentar o bicho como também a ler poesia para ele, desenhá-lo em seu diário, dormir ao lado de sua jaula e conversar sobre amenidades com ele enquanto acaricia atrás de suas orelhas. O melhor de tudo: o tigre parece amar o que Kelsey faz, querendo tudo cada vez mais.

Quando o seu período de trabalho está quase chegando ao fim, um homem misterioso chamado Sr. Kadam aparece no circo querendo comprar Ren e levá-lo para uma reserva de tigres na Índia. Para isso, convida Kelsey a acompanhá-lo com o objetivo de cuidar do tigre durante a longa viagem e ela, é claro, aceita. Em certo momento, já na Índia, ambos se perdem de seu transporte terrestre e vão parar no meio da floresta. É aqui que Kells descobre tudo: Ren, na verdade, é um maravilhoso príncipe indiano que foi amaldiçoado há 300 anos e agora precisa da ajuda dela para quebrar tal feitiço!

No final das contas, esta longa história vai desencadear mil aventuras perigosas, levando ao descobrimento de lugares exóticos e fazendo florescer, no meio disso tudo, um lindo romance de tirar o fôlego!
****
Quando você se apaixona por um livro, como deve começar sua resenha? Talvez dizendo o principal motivo  desta paixão ter ocorrido: "A Maldição do Tigre" é tão fantástico que me teletransportou para cada local de cada uma das cenas do livro. Quando eu percebia, estava completamente absorta na história, querendo vivenciar cada detalhe descrito pela Colleen. Foi uma leitura relaxante e eletrizante ao mesmo tempo!

Relaxante porque eu pude me desligar do mundo real durante os minutos que o tigre docemente me roubava; eletrizante porque eu me envolvi de tal maneira que conseguia não só visualizar cada cenário (como templos religiosos, ruínas de cidades antigas e paisagens da natureza), como também temer cada perigo e querer enfrentar cada novo inimigo que tentava impedir Kelsey e Dhiren de completarem seu objetivo.

Falando neles, Kells e Ren são personagens tão opostos, e ao mesmo tempo, tão verossímeis no contexto! Ela não passa de uma simples humana americana inteligente, teimosa, sarcástica e muito esperta. Ele, é um príncipe indiano altamente educado, charmoso, lindo, solitário e provocador. Adicione a essas características sua forte personalidade do lado tigre. O que poderia acontecer se juntássemos os dois dentro de uma atmosfera mágica? Uma paixão avassaladora, é lógico!

Colleen Houck não poderia ter escolhido melhor o tipo de narrativa - em primeira pessoa, do ponto de vista de Kelsey. Em nenhum momento o livro torna-se monótono ou chato. A ação tem seu ponto máximo e término determinados (já que cada livro é relativo ao início e fim de uma das quatro prováveis buscas para quebrar a maldição). Já o romance, no final do livro, é levado ao auge e, rapidamente em seguida, ao abismo. Não vou negar que foi esse o fato que gerou urgência para que eu lesse "O Resgate do Tigre"!

Não temos um livro bobinho aqui, muito menos simples ou pobre. Temos aqui complexidade, sabedoria, conhecimento e sentimentos fortíssimos. Convido você a sentir tudo isso pois tenho certeza que vai se apaixonar tanto quanto eu. :)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário e volte sempre!! :)

PseudoEstante Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review